“Muitas vezes comi as marés de meu cérebro”

Tirei o título deste texto de um poema de Oswald de Andrade. O curioso é que até agora não conhecia o poema e acabei o encontrando justamente quando pensava naquilo que escreveria para inaugurar essa página. Achei que esse verso daria um bom título pra um editorial.

Decisão tomada, vem a dificuldade: explicar qual é o objetivo deste blog. Ou talvez pensar se há realmente a necessidade de que tudo tenha um objetivo específico. Porque o mundo é assim: as pessoas sempre esperam algo umas das outras, para que tudo possa ser rotulado e cada uma se entregue a suas paixões e aversões.

A grande questão aqui é que não há por que a minha pessoalidade me levar a tomar partido de maneira radical e imutável, ou querer impor o que quer que seja a alguém. Então, pronto. Aí está nosso objetivo: transformar em palavras as subjetividades de três caras que veem o mundo e acabaram querendo escrever sobre ele e sobre o que quer que haja nele e chegue até nossos olhos.

O negócio é seguir o exemplo de Oswald de Andrade: comer as marés de nosso cérebro, marés impulsionadas por uma lua formada pelo que há em nosso mundo, e a partir delas criar nossos textos sobre música, cinema, literatura; sobre comportamento e sobre a humanidade; sobre a universalização de nossas dores; sobre aquilo de que gostamos e sobre o que nos desagrada. Sobre o mundo ou coisa que o valha. Sobre nossos campos de centeio.

Não queremos abrir espaço pra radicalismos. Eles não terão vez se houver opiniões sinceras, discussões, conversas ou o que for – sobre a vida, o universo e tudo mais.

Esse é o nosso objetivo. Esse é o nosso manifesto.

Um comentário em ““Muitas vezes comi as marés de meu cérebro”

Adicione o seu

  1. Um manifesto contra os extremos. É um bom refúgio para o tempo em que vivemos, até de extrema fluídez. Prevejo textos tendendo ao romântico. O romântico que tem aversão aos rumos que a humanidade (ou a falta dela) têm tomado. Boa sorte na caminhada, vocês são foda.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: