O título não importa, só escutem esses CDs que eles são fodas

Uma das principais pautas de qualquer discussão entre os membros da Los Tres Caballeros é o que de fato nos uniu desde o começo: Música. 10 anos atrás, a paixão pela música nos fez criar esse laço de amizade que temos até hoje. É impossível uma reunião em que não tenhamos uma canção tocada no violão, ou um disco de fundo para preencher o silêncio de alguns momentos.

Em algumas dessas conversas, senti a necessidade que um tempo atrás tive quando o assunto era cinema. Listar os álbuns, as canções, as bandas que mudam o nosso conceito do que é musica para nós, sempre é e sempre será difícil, tamanha a bagagem musical que carregamos. Ainda assim, decidi compartilhar com vocês a lista dos álbuns de bandas brasileiras de que mais gosto.

 

capa-doisDois – Legião Urbana (1986)
Começando por aquele que eu acho ser um dos discos mais importantes do rock nacional, Dois é o disco da Legião que mais me agrada por dois motivos: foi o primeiro CD (de estúdio, sem considerar o acústico) que eu ouvi, e também é o que tem minhas músicas preferidas – Tempo Perdido e Daniel na Cova dos Leões -, além da versatilidade de ter músicas mais lentas como Acrilic on Canvas e porradas como Metrópole.

Zero e Um – Dead Fish (2004)zero e um capa.jpg
HOJE É O DIA DA REVOLUÇÃO!
É assim que começa o CD mais importante do hardcore brasileiro da década passada. Esse trabalho da banda capixaba trouxe notoriedade para o cenário underground do país. Trouxe a essência do que é o verdadeiro hardcore, com músicas como Você, Bem Vindo ao Clube e Tão Iguais. A vontade de dar um stage dive num mar de gente é quase que automática quando escuto o álbum. É um soco na cara da sociedade hipócrita.

fresno-a-sinfonia-de-tudo-que-ha.jpgA Sinfonia de Tudo que Há – Fresno (2016)
Masterpiece. Obra-prima. Faltam elogios para falar sobre essa que pode ser considerada uma “ópera rock” da banda de Porto Alegre. Na primeira vez em que ouvi, me senti arrepiado da cabeça aos pés com músicas como Hoje sou Trovão, Abrace a sua sombra e A Sinfonia de tudo que há. É chocante, outra palavra não há. Daqueles que você muda qualquer preconceito que tinha sobre a banda.

emicida-capa-album-glorioso-retornoO Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui – Emicida (2013)
Eu não sou a maior autoridade do mundo para falar de RAP, mas creio que o importante é a mensagem que a música passa, independente do gênero musical. “Irmão, você ainda não percebeu que você é o único representante do seu sonho na face da terra?”. É essa frase de Levanta e Anda que nos dá a primeira impressão do CD. E eu juro que é impossível não se emocionar ouvindo Crisântemo e Sol de Giz de Cera em sequência. Músicas como Noiz e Bang! nos mostram a revolta, a militância negra que sempre foram a assinatura do rapper.

CPM 22 - Felicidade Instantânea (Capa Oficial do Album) CoverBrasil.jpgFelicidade Instanânea – CPM22 (2005)
Podemos concordar que o CPM22 é o pai dos emos no Brasil? Escuta e presta atenção e me fala que os cara não são emocore. Mas agora falando sério, a magnitude desse CD é tão grande que é impossível alguém não saber cantar Um minuto para o fim do mundo.  E essa nem é a melhor música do CD. A cura, Apostas e Certezas, Irreversível, são músicas que valem a pena ser ouvidas. CPM22 foi a banda do cenário Hardcore/Emo que fez mais sucesso na década e esse álbum é excelente para qualquer hora.

rogerio capaRogério – Supercombo (2016)
Dar nome a tudo que há de ruim no mundo“. É disso que trata esse trabalho da Supercombo. Mesclando músicas que têm a melodia pesada com letras leves e vice-versa, o álbum traz a identidade que já conhecíamos bem de trabalhos anteriores. Magaiver, Bonsai, Morar, Jovem. As letras bem-humoradas, os efeitos, as participações (que são várias), tudo se encaixa, e aposto que quem ouvir, vai gostar.

blocodoeusozinhoBloco do Eu Sozinho – Los Hermanos (2001)
O segundo CD da banda carioca é sem dúvidas o meu favorito. Completamente diferente do seu álbum de estreia, Amarante e Camelo trazem composições profundas, que tocam a alma daqueles que ouvem. A sensação de estar em um bloco de carnaval sozinho se faz presente já no começo, quando a gente ouve Todo carnaval tem seu fim. O disco é muito bem construído, e traz clássicos da banda como Retrato pra Iaiá, Sentimental, e a música mais bonita da banda na minha opinião, Adeus Você.

convoqueseubudacapaConvoque seu Buda – Criolo (2014)
Convoque seu buda, o clima tá tenso”. Criolo sempre trouxe a crítica em suas letras, e nesse CD não foi diferente. No cenário caótico em que se encontra o país, músicas como Esquiva da Esgrima, Casa de Papelão e Duas de Cinco nos trazem a uma realidade só conhecida por quem vive. A experimentação dos estilos musicais já conhecida de trabalhos anteriores do rapper do Grajaú continua presente, e é isso que nos faz gostar tanto dele: a não limitação aos recursos musicais. Esse CD é foda.

pittyAdmirvel+Chip+Novo+PNGAdmirável Chip Novo – Pitty (2003)
O CD de estreia da baiana é foda. Para quem estava acostumado a ouvir mulheres cantando música pop na rádio, com a Pitty foi diferente. Com rock’n’roll nas veias e músicas como Teto de Vidro, O Lobo, Máscara e Admirável Chip Novo chegam arregaçando nesse CD que é bom do começo ao fim. Quebrou completamente o estereótipo de que mulher só fazia música pop, e conquistou espaço na cena rock do Brasil.

Rancore_SeivaCapaSeiva – Rancore (2011)
Seiva é tão bem pensado que eu precisei ouvir umas 3 vezes pra entender a mensagem que ele passa. Vocês conseguem entender o que é uma música conseguir mudar o rumo da vida de uma pessoa? Conseguem sentir a alma lavada depois de ouvir uma música? 5:20, Samba, Ritual, Inocentes. Esse CD é espetacular, é uma limpeza da alma do começo ao fim. Particularmente, é o meu preferido dessa lista.

 

Todos os álbuns que estão aqui tem a sua importância para a música brasileira e para mim. É música para pensar, para sentir, para gritar, para chorar. É música em sua essência mais profunda. É música para gostar de música. Sentir vibrar nos ouvidos e arrepiar na pele. E espero que você tenha as melhores sensações ao ouvi-las.

Aqui segue o link para a playlist criada com base nos discos que estão acima. Para escutar no trabalho, em casa, no colégio, na rua. Em qualquer lugar.

https://open.spotify.com/user/12168422740/playlist/0ig4r2nRDEKT9NVJzXE7cS

Um comentário em “O título não importa, só escutem esses CDs que eles são fodas

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: