5 filmes para entender a loucura que foi 2017

O ano de 2017 está chegando ao fim e, cá entre nós, já era hora. Passamos por coisas bem cabulosas e houve muitos momentos em que achamos que não íamos aguentar. Mas aqui estamos, na segunda metade do mês de novembro, de pé e prontos pra outra. E, quando eu paro pra pensar nas coisas que me motivaram a continuar, o cinema, com certeza, está entre as principais delas.

Então, decidi compartilhar com vocês os 5 filmes que vi esse ano que me fizeram respirar e dormir um pouco melhor, me culpar menos e entender que precisamos seguir em frente, não importa em qual ritmo e de que forma faremos isso:

(ALERTA DE SPOILER)

Capitão Fantástico (2016)

Resultado de imagem para captain fantastic

Eu escrevi um texto inteiro falando sobre o que aprendi com ele, mas, resumindo, essa é a história de um pai que decide criar seus filhos longe da cultura capitalista – o que, a princípio, parece ideal – e acaba sofrendo as consequências disso, precisando se reinventar para não perder de vez seu bem mais valioso. Ver um cara foda como ele repensando seus valores e assumindo pra si que talvez não estivesse tão certo é revigorante. Sem dúvida, um dos melhores filmes que eu vi na vida.

Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) (2015)

birdman

Esse filme fala sobre um ator que ficou famoso no passado por seu papel principal numa série de filmes de super-herói, mas que, após recusar participar de um quarto filme por querer fazer coisas novas, viu sua carreira desmoronar. Além de retratar a realidade da indústria hollywoodiana, ele fala sobre como as pessoas amam o personagem que criamos pra nós, a mentira, o cinismo, mas nunca, de fato, a nós. Tanto que, quando tentamos nos desvencilhar dele, somos violentamente excluídos e rejeitados – e até ridicularizados – por essas mesmas pessoas.

Planeta dos Macacos: A Guerra (2017)

Imagem relacionada

A guerra citada no título do terceiro filme da franquia não é a guerra dos humanos contra os macacos, mas sim a guerra interna enfrentada por César, obrigado a tomar decisões que, de qualquer forma, trariam dor e sofrimento ao seu povo. Esse filme fala de quando, aos olhos dos que veem de fora, tudo o que fazemos está errado, é nocivo, é prejudicial. De quando nem a melhor das intenções é vista como tal. A discussão entre César e o Coronel, na metade do filme, está entre as coisas mais viscerais já mostradas no cinema até hoje.

Dunkirk (2017)

Resultado de imagem para dunkirk filme

Com pouquíssimas falas, ângulos de tirar o fôlego – literalmente – e uma trilha sonora espetacular, Dunkirk fala de sobrevivência e, além disso, fala sobre como, no meio do caos, é inútil tentarmos nos ajustar, procurar conforto ou entender qualquer sentimento que seja. Durante a guerra o importante é sobreviver, não importa como. Muitos ficam pra trás, muitos enlouquecem, mas sempre há os que chegam do outro lado, mesmo que com a integridade física e psicológica afetadas. “Tudo que fizemos foi sobreviver”. “É o suficiente”.

La La Land (2016)

Resultado de imagem para la la land

Eu não sou lá o maior fã de musicais. Esse aqui eu assisti por acaso, torcendo o nariz no começo e, quando acabou, eu não fazia ideia do que pensar ou sentir. Ele fala sobre como cada caminho determina um fim totalmente diferente, e que nem sempre conseguir o que tanto queríamos vai preencher o nosso vazio – aliás, nada vai, na verdade. La La Land é, por fim, uma história de amor que poderia ter acontecido mas não aconteceu.

Bem, essa é a minha lista de filmes que me ajudaram a não surtar nesse que foi um ano bem difícil de engolir. E você, o que te ajuda a entender melhor o mundo à sua volta? Músicas? Livros? Compartilhe com a gente nos comentários!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: